Domingo, 21 de Outubro de 2007

Os "sem" e os "com"

Um colega meu tinha no monitor do seu posto de trabalho um saquinho de terra pendurado. Uma vez, ao chegar junto da sua secretária, saí-me com esta: a terra a quem a trabalha e as batatas a quem as come. A frase pegou, e durante os anos que convivemos lá vinha ela antes do aperto de mão. Aquele saco fora produto numa campanha de marketing para um projecto imobiliário mas, para mim, continha uma carga simbólica mais abrangente.
Nos tempos que correm, não sei qual a importância da terra na vida dos homens. Por cá, ela muda de mãos por escritura – desconhece-se a escritura original do primeiro (legítimo?) proprietário -, deixando mais cheias as mãos que a vendem.
O dinheiro multiplica-se, muda de sítio e não tem nome. A terra, não. Ela não é de quem a trabalha é de quem a vende.
O Brasil é um saco de terra bem maior mas, mesmo assim, parece que não chega para os que lá nasceram. Há quem lute por um pedaço de terra para viver e quem o faça para sobreviver. Há quem lute por um bocado de pão e quem o faça pela razão. O movimento dos “sem terra” (MST) é a semente duma nova consciência. Não se trata de lutar pela posse mas sim pelo direito de a trabalhar e dela obter o sustento. “ Se o campo não planta a cidade não janta” pode ler-se numa faixa vermelha. Nós, os da cidade, estamos tranquilos porque nada falta na mercearia da esquina ou no hipermercado do centro comercial mais próximo. Não nos damos ao trabalho de pensar como é que as coisas aparecem nas prateleiras. Ali, à mão de colher.
Há um crescente movimento silencioso pela reforma urbana a favor da coisa humana.
Lá, agora, são os “sem terra”. Cá, amanhã, serão os “sem emprego”. Em toda a parte, já, são muitos “sem” e poucos “com”.
Em casa sem pão todos ralham com razão.
publicado por blogone às 17:47
link do post | comentar | favorito
|

.Quem sou eu

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Fresquinhos

. Os "sem" e os "com"

. Enquanto há vida há esper...

. O otário no deserto

. Reutilizar

. Um mail que vem por bem

. D Cotonete na praia

. Virtual realidade

. Encalhado

.Arquivos

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds